Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

A privacidade dos dados dos nossos colaboradores, clientes, parceiros e restantes stakeholders sempre foi assumida com fulcral importância

Especializada em colocar a tecnologia ao serviço da Saúde para assegurar os melhores cuidados ao utente, a Glintt prepara-se para receber o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados de acordo com as melhores práticas.

​​​​​​​​Fonte:  Público|Inovação & Estratégia (link​ notícia)

Recentemente, a empresa certificou o seu Sistema de Gestão de Segurança de Informação de acordo com a norma internacional ISO 27001, o que lhe permite estar melhor preparada para responder aos desafios deste Regulamento. 

“A nossa missão passa por liderar o mercado de serviços profissionais e tecnológicos para os agentes que constituem o sistema alargado da Saúde, com inovação baseada nas melhores experiências de várias indústrias, apresentando soluções que apoiam e abrangem a totalidade de qualquer unidade, desde hospitais a farmácias. Queremos contribuir com inovação tecnológica para a melhoria dos níveis de Saúde e Bem-estar na sociedade global em que vivemos”, explica Sara Mendes, responsável pela Divisão de Organizational Development da Glintt.

Nos Serviços Financeiros, Utilities, Telecomunicações e Administração Pública, a empresa colabora com algumas das maiores e mais competitivas entidades públicas e privadas de vários países europeus, implementando soluções de elevada criticidade e entregando serviços de gestão aplicacional e de infraestruturas.

Atualmente, a Glintt está presente em seis países – Portugal, Espanha, Angola, Brasil, Reino Unido e Irlanda –, onde soma dez escritórios e mais de mil colaboradores. No caso português, um dos países onde tem mais expressão a par com Espanha, a Glintt participa de forma ativa na transformação e evolução dos sistemas tecnológicos do setor da saúde há mais de 20 anos, contribuindo para o desenvolvimento da inovação em tecnologias e sistemas inteligentes nesta área. A preocupação constante em inovar e responder às exigências dos clientes permite à entidade ter uma presença forte e reconhecida no ecossistema da saúde, tendo como fator diferenciador os mais de 200 consultores funcionais especializados que acumulam conhecimento na área da saúde - farmacêuticos, enfermeiros ou engenheiros, biomédicos - com conhecimento técnico sobre as aplicações. 

Na área da Saúde, as soluções da tecnológica portuguesa têm como foco o doente e a melhoria da sua qualidade de vida. É recorrente ouvirmos dizer que a saúde tem de estar centrada no cidadão, mas muitas vezes estes são esquecidos. O objetivo da Glintt é permitir olhar para tecnologia não apenas na fase em que se está a tratar a doença, mas ao longo de todo o ciclo de vida, onde se insere não apenas informação sobre determinada condição clínica que possa ocorrer num determinado momento da vida, mas toda a informação de saúde, incluindo a que reporta ao estar saudável.

E é exatamente para apresentar o que de melhor se faz no setor da saúde que, como aponta Sara Mendes,  na 2.ª edição do HINTT - Health Intelligent Talks & Trends, dia 3 de outubro, a Glintt “irá debater e refletir sobre as tecnologias de saúde e de que forma estas podem promover melhores hábitos nesta área. O evento vai ainda ser palco da entrega do Prémio HINTT - Maturidade Digital, que reconhece e divulga as melhores práticas de adoção das tecnologias de informação e comunicação (TIC) com vista à melhoria da prestação de cuidados de saúde ao nível da segurança do doente, apoio à decisão clínica e eficiência global”. O Prémio HINTT incide em quatro categorias: segurança do doente; apoio à decisão clínica; eficiência global e inovação em startups, e as candidaturas estão abertas até dia 31 de maio.

Foi precisamente essa vontade premente de liderar o mercado através do desenvolvimento de uma cultura de excelência, e em particular devido ao setor em que atuam e serviços que prestam, que levaram a equipa a preparar de forma meticulosa a chegada do novo Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD), de direta aplicação a partir do próximo dia 25 de maio. 

“A privacidade dos dados dos nossos colaboradores, clientes, parceiros e restantes stakeholders sempre foi assumida com fulcral importância para o nosso grupo, sendo inclusivamente um compromisso que está refletido na nossa Política de Gestão. O novo regulamento reveste-se de alguma complexidade, com novos princípios e conceitos e novos direitos para os titulares de dados, que se traduzem em novos deveres para as empresas, e, como tal, temos vindo a repensar os nossos processos e sistemas operacionais procurando uma maior agilidade organizacional. É essencial aliarmos funcionalidade e eficiência à conformidade com as novas obrigações regulamentares. Em consequência desse trabalho, estamos a implementar um conjunto de guidelines e outros documentos que definem os princípios e standards gerais para todo o Grupo sobre esta matéria”, revela Sara Mendes.

Para que estes novos procedimentos sejam aplicados de forma sustentada nas várias unidades impactadas, a Glintt está ainda a apostar em formação contínua, através de workshops e sessões de sensibilização dos colaboradores, que trabalham diretamente com dados pessoais. 

Simultaneamente, para as soluções proprietárias Glintt, está prevista a incorporação de funcionalidades que permitirão ajudar a responder de forma mais eficiente às medidas impostas pelo novo Regulamento Geral de Proteção de Dados, facilitando alguns dos processos a criar e a implementar pelos clientes nas respetivas organizações.
Recentemente, a empresa certificou o seu Sistema de Gestão de Segurança de Informação de acordo com a norma internacional ISO 27001, o que lhe permite estar melhor preparada para responder aos desafios deste Regulamento. A certificação do Sistema de Gestão de Segurança da Informação, através da reconhecida norma internacional ISO 27001, estabelece um conjunto de requisitos e práticas, constantemente atualizadas e trabalhadas, de forma a mitigar e gerir adequadamente o risco das organizações no que diz respeito à gestão de dados e informação. São enormes os benefícios que esta norma confere às empresas certificadas, nomeadamente o aumento significativo da fiabilidade e segurança da informação e dos sistemas, em termos de confidencialidade, integridade e disponibilidade, realização de investimentos mais eficazes e orientados ao risco, e a identificação de oportunidades de melhoria constantes.
Sara Mendes não esconde o orgulho e a importância que tem para o grupo a apresentação desta certificação no portfólio Glintt: “A conquista desta certificação foi de extrema importância, porque, obviamente, é um reconhecimento do nosso trabalho, mas para além disso garante o cumprimento dos princípios estabelecidos pelo standard internacional e assegura aos nossos clientes que a segurança e proteção da sua informação é gerida de forma sistemática, respeitando boas práticas reconhecidas e testadas a nível global. Para nós, o maior benefício é ver crescer a confiança e satisfação dos nossos clientes e parceiros, ao poder garantir que as suas informações são tratadas de acordo com elevados padrões de gestão e proteção ao nível da Segurança da Informação”. 

“Estamos certos que, com a implementação destas medidas, o Grupo Glintt estará em 25 de maio de 2018 melhor capacitado para dar resposta aos desafios lançados por este regulamento. Conquistar maior confiança dos seus clientes é algo que deve orientar a ação de qualquer empresa. E a Glintt não é exceção”, afirma e conclui com confiança a entrevistada.